Menu

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Estudantes falam sobre a I Feira de Ciência e Tecnologias Sociais da Educaço Profissional da Bahia

“No momento em que o governador visitou o estande da minha escola e me pediu para aferir a pressão dele, me senti reconhecida como profissional. O curso me preparou para momentos de emoção como este”, Ana Rita dos Reis, 42, estudante do curso técnico em Enfermagem, Colégio Estadual Carlos Menezes de Sant’Anna,
do bairro de Nordeste de Amaralina.



Samila Cruz de Oliveira, 24, estudante do curso Técnico em Agropecuária, do Centro Territorial de Educação Profissional da Chapada Diamantina, em Wagner ( CETEP da Chapada Diamantina), está apresentando os benefícios trazidos pela hidroponia,cultivos de plantas na água.” Estar aqui na feira, para mim, é um momento muito importante. É muito bom ver projetos semelhantes ao que nós produzimos em sala de aula, sendo apresentados de forma diferente”.



“ Eu e meus colegas do curso técnico em Agroindústria, do Colégio Estadual Pio XII, em Jaguaquara, estamos apresentando géleias de frutas tropicais utilizando derivados do maracujá, em substituição da pectina industrializada. Incentivamos a produção e recomendamos o uso de produtos 100% natural”, disse Ana Moreira, 40.


“Aqui a gente mostra que podemos fazer ao vivo e a cores, reafirmando a boa formação que tivemos e que estamos preparados para o mundo do trabalho”,
falou entusiasmado Iago Rezende, 17,
estudante do curso técnico em Informática, do Colégio Estadual Goés Calmon, em Salvador.






“ Estou impressionada com tudo que vi aqui, a Feira alcançou todas as minhas expectativas. Momentos como este,  que colocamos em prática nossos conhecimentos, é fundamental para nossa formação”, disse Miriam da Silva Santos, 18, estudante do curso técnico em Açucar e Álcool, do Centro Territorial de Educação Profissional em Teixeira de Freitas, que está apresentando a maquete sobre o processo de produção de álcool, por meio de uma mini-usina.



Nenhum comentário:

Postar um comentário