segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Jaques Wagner destaca Educação Profissional durante XII Fórum dos Governadores do Nordeste

Durante discurso no XII Fórum dos Governadores do Nordeste, realizado em Sergipe, na última segunda-feira (dia 21), o Governador Jaques Wagner apresentou um balanço do seu primeiro mandato e propostas para o futuro.

Ao falar sobre Educação, o governador, que é um entusiasta da Educação Profissional, comemorou a expansão e consolidação da rede, “em 2006 eram 4.016 matriculados. Atualmente são 44 mil matriculados. Hoje, ofertamos Educação Profissional em todos os 26 Territórios de Identidade do Estado”, afirmou. O governador enfatizou ser prioridade o desenvolvimento tecnológico como caminho para potencializar a pequena agricultura com tecnologia e equipamentos modernos.


O evento foi aberto pela presidente Dilma Rousseff e contou com a presença dos governadores dos estados do Nordeste integrantes do Fórum a exemplo de Alagoas, Ceará, Sergipe, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. O governador do Estado de Minas Gerais foi convidado especial.

Para Almerico Lima, Superintendente da Educação Profissional, todos/as os/as atores sociais envolvidos no processo de expansão e consolidação são vitoriosos/as, pois a rede não está somente implantada fisicamente, mas também no aspecto pedagógico. “Estamos vendo o resultado deste trabalho por meio dos benefícios diretos da qualificação e formação profissional dos/as nossos/as jovens e trabalhadores,” explicou.

Atualmente, a Rede de Educação Profissional oferta 72 cursos distribuídos em 11 eixos tecnológicos nas formas de articulação: Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada ao Ensino Médio – EPI, Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada à Educação de Jovens e Adultos Ensino Médio - PROEJA Médio, Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subsequente- PROSUB e Educação Profissional Integrada à Educação de Jovens e Adultos Ensino Médio Fundamental-PROEJA Fundamental .

Mais informações sobre o Fórum

O Fórum dos Governadores do Nordeste foi criado para integrar os projetos políticos dos estados da região do Nordeste. Por meio dele, os governadores buscam discutir iniciativas e estratégias políticas que facilitem a articulação regional e a promoção do desenvolvimento integrado do Nordeste. Em sua 12º edição, o Fórum é considerado um espaço consagrado de discussão, reflexão e atuação sobre os caminhos para o futuro da região.

Estudantes devem confeccionar Carteira de Identificação Estudantil em entidades estudantis habilitadas

A Secretaria da Educação publicou na última terça-feira (dia 22), no Diário Oficial, a portaria nº 1.444/2011, reautorizando entidades estudantis emitirem a Carteira de Identificação Estudantil, mais conhecida como Carteira do Estudante.


A Carteira de Identificação Estudantil é um benefício garantido aos/as estudantes que frequentem regularmente a sala de aula seja em universidades, cursinho pré-vestibular, escola privada ou pública, inclusive nos Centros Territoriais, Estaduais ou Unidades Escolares que ofertam Educação Profissional.

Anualmente, por meio de Portaria, a Secretaria da Educação concede prazo de validade para uso da carteirinha. Para verificar se a Entidade Estudantil é confiável, o ideal é acessar o Portal da Educação para ter mais informações.


A Carteira de Identificação Estudantil foi criada para proporcionar aos estudantes o acesso à cultura, ao esporte e ao lazer como complementação da formação acadêmica dos/as estudantes, amenizando a exclusão cultural. Por do benefício, os/as estudantes podem pagar meia-entrada em estabelecimentos devidamente credenciados as entidades estudantis.



Documentos necessários:



• 1 foto 3x4 (recente)
• cópia da RG ou uma cópia da certidão de nascimento
• cópia do CPF
• cópia do comprovante de matrícula atual

CETEP Sisal promoveu aula inaugural

Os/as estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional do Sisal (CETEP do Sisal), em Serrinha, foram recebidos/as no primeiro dia do ano letivo com uma aula inaugural sobre a História da Educação Profissional da Bahia.

Para saudar os futuros técnicos, Almerico Lima, Superintendente da Educação Profissional, deixou uma mensagem de boas vindas para os/as estudantes. Veja o vídeo:

video



Danuzia Oliveira, gestora do CETEP do Sisal, explica que a ação pedagógica teve finalidade de saudar os/as estudantes por meio de uma palestra sobre Educação Profissional, destacando o trabalho que vem sendo realizado pela Superintendência de Educação Profissional, implantada desde 2008.

“A gestão da Educação Profissional tem se mostrado bastante preocupada com a consolidação da rede em todos os territórios de identidade, articulando ações públicas e privadas que atendam às demandas estratégicas, permanentes e emergenciais de qualificação social e profissional”, explicou.

Durante os três turnos, os/as estudantes expuseram banners com propostas e objetivos dos cursos técnicos ofertados no CETEP Sisal e ações que foram realizadas durante o ano letivo de 2010.

A atividade divulgou a proposta pedagógica do CETEP, baseada no trabalho como princípio educativo, contou com a presença do Prefeito Osni Cardoso e da Secretaria da Educação do Município, Gelcivânia Mota, de representantes da DIREC-12, da Câmara de Vereadores e da Associação de Moradores do Bairro da Cidade Nova.

No CETEP do Sisal são ofertados os cursos técnicos em análises clínicas, administração, agroecologia, edificações, enfermagem, informática, logística e mineração, oferecido pela primeira vez no Centro.

Atualmente, a Rede de Educação Profissional oferta 72 cursos distribuídos em 11 eixos tecnológicos nas formas de articulação: Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada ao Ensino Médio – EPI, Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada à Educação de Jovens e Adultos Ensino Médio - PROEJA Médio, Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subsequente- PROSUB e Educação Profissional Integrada à Educação de Jovens e Adultos Ensino Médio Fundamental-PROEJA Fundamental.

No total são 44 mil estudantes matriculados/as, 141 Unidades Escolares, 27 Centros Territoriais e 12 Centros Estaduais, em todos os 26 Territórios de Identidade que ofertam Educação Profissional.

FAPESB lança edital de Educação Científica

Incentivar os/as estudantes da Rede Estadual de Educação Profissional para ingressarem no universo da pesquisa é um dos princípios pedagógicos do Plano de Educação Profissional da Bahia. Este é momento, surgiu a oportunidade. É que a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB) lançou neste mês, o Edital nº 029/2010 para Educação Científica com foco na pesquisa como atividade escolar.

O edital faz parte do Programa Popciências e busca difundir e popularizar a ciência e tecnologia, estimulando o ensino das ciências, por meio da utilização de atividades experimentais e de metodologia investigativa e indagadora, onde o/a estudante deixa de ser mero observador-receptor e passe a participar da construção do próprio conhecimento.

Como novidade, o projeto traz a possibilidade de proporcionar bolsas de iniciação científica júnior aos estudantes envolvidos.

Os gestores dos Centros Territoriais, Estaduais e Unidades Escolares que pretenderem encaminhar suas propostas para avaliação da FAPESB poderão obter sugestões pedagógicas por meio do email educacaoprofissionaldabahia@gmail.com.


Como se inscrever

Para concorrer ao edital, o projeto poderá ser oriundo de qualquer área do conhecimento, desde que mantenha o foco na popularização da ciência e da tecnologia. Cada proponente poderá apresentar apenas uma proposta e a submissão deverá ser feita por meio do preenchimento de um formulário on-line, disponível no portal da Fapesb até o dia 25 de março, quando encerram as inscrições.


Mais informações podem ser obtidas no Portal da FAPESB e outros esclarecimentos sobre o Edital nº 029/2010 pelo e-mail: popciencias@fapesb.ba.gov.br e também pelo telefone: (71) 3116-7692


Saiba mais sobre a FAPESB

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – FAPESB é uma instituição de direito público, criada em 27 de agosto de 2001, por meio da Lei Nº 7.888. Seu principal objetivo é estimular e apoiar o desenvolvimento das atividades científicas e tecnológicas do Estado. Suas ações são vinculadas à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação – SECTI.
A FAPESB é constituída por um Conselho Curador, Diretoria Geral, Científica, Inovação e Administrativa, composto de 12 membros, que representam as Universidades, Centros de P&D, Setor Empresarial, Comunidade Acadêmica e Governo Estadual.

Fonte: Com informações da Agecom e da FAPESB

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Avanços na Educação Profissional marcam início do ano letivo

O ano letivo de 2011 inicia com mais de 43 mil estudantes matriculados/as na Educação Profissional Pública do Estado. São 141 Unidades Escolares e 39 Centros, em todos os 26 territórios de identidade, que ofertam Educação Profissional- EP, com 72 cursos distribuídos em 11 eixos tecnológicos, nas diversas formas de articulação: Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada ao Ensino Médio – EPI, Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada à Educação de Jovens e Adultos Ensino Médio - PROEJA Médio e Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subsequente- PROSUB.

Intervenções nas estruturas físicas envolvendo pequenas reformas foram realizadas na maioria dos Centros para melhoria das instalações elétricas, hidráulicas, substituição de janelas e portas, revestimentos cerâmicos e de cobertura. Além disso, as obras se ampliarão em 23 Centros sendo finalizados com previsão para o início do segundo semestre.

Destacam-se como metas para o ano letivo que se inicia a estabilidade da rede com ênfase no concurso público para professores, a reformulação das matrizes e o investimento contínuo inicial na formação de professores. Estes pontos são considerados fundamentais para alcançar a efetividade social e a qualidade pedagógica da Educação Profissional na Bahia.

Para Almerico Lima, Superintendente da Educação Profissional, “a Educação Profissional continua se fortalecendo como uma política pública de Estado vinculada às demandas socioeconômico e ambiental nos Territórios de Identidade da Bahia”, afirmou.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Estudantes do CEEP em Controle e Processos Industriais Newton Sucupira no XVII Festival Internacional de Canto Coral, em Paris-França


Luane Esquivel, 18, estudante do 1º ano do curso médio regular, do Centro Estadual de Educação Profissional em Controle e Processos Industriais Newton Sucupira (CEEP Newton Sucupira), em Salvador, é umas das integrantes do projeto Canto Coral das Culturas Afro-Brasileira e Indígena. Por meio do projeto realizado pelo Centro, ela e mais 21 estudantes do Centro estão em Paris-França, desde o último sábado (dia 27), no Palácio da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), representando a Bahia no XVII Festival Internacional de Canto Coral. A temporada terminou ontem (dia 02).

A oportunidade de participar do Festival ocorreu por meio do convite da Unesco e o coral contou com o apoio e incentivo do Governo do Estado. “Será uma experiência sensacional e de muito crescimento cultural para os estudantes da rede pública de ensino. Além de conhecer ao vivo e em cores o berço da cultura mundial, eles terão a oportunidade de um intercâmbio cultural que contribuirá, também, para levar para lá a nossa musicalidade e suas origens”, avalia o diretor do CEEP Newton Sucupira, Ruy Braga.

A dona de casa Maria Lúcia Esquivel, mãe da estudante, revela estar com muitas saudades e ansiosa para dar um abraço na filha. “A saudade é muita, nunca fiquei longe da Luane. Esta é a primeira viagem realizada por minha filha”. Maria Lúcia afirma ter sido o melhor presente de aniversário que a estudante recebeu. “Minha filha está muito feliz. Ela completou 18 anos no dia 14 de janeiro, não tenho dúvidas de que este foi o melhor presente de aniversário de toda a sua vida. Vejo tudo isso como uma experiência única: estar em contato com novas culturas e representar a rede de Educação Profissional da Bahia”, disse emocionada.

A ação tem todo o apoio da SUPROF, pois expressa a concepção implantada na educação profissional da Bahia a partir de 2008, voltada para a formação integral do estudante, enquanto pessoa humana, trabalhador/a e sujeito de direitos. E, sem dúvida, A arte é parte indispensável desta formação.

Estréia- O coral estreiou no festival, último sábado, 29, com um repertório mesclado de canções brasileiras de nomes como Gilberto Gil, Villa-Lobos e Saul Barbosa, além de músicas em iorubá e em idiomas indígenas.

Além da apresentação, os estudantes terão a oportunidade de visitar um dos mais importantes museus do mundo, o Louvre, além do Museu da Música, Museu d´Orsay, Museu de Arte das Culturas da África e da Oceania e Museu de Arte Moderna. Também comparecerão ao Bairro da Ópera, onde está o Palácio da Ópera de Paris, uma edificação de estilo neobarroco que atrai, sobretudo, por sua riqueza arquitetônica.

Os estudantes irão ver, ainda, as badaladas Galerias Lafayette, a Basílica do Sagrado Coração e o bairro Montmartre, onde pintores e retratistas expõem seu trabalho ao redor da praça cercada de bares e restaurantes, bem como farão um passeio à Euro Disney. Ou seja, verdadeiras aulas de história, arte e geografia, na perspectiva da formação integral dos sujeitos que aprendem.

O CEEP em Controle e Processos Industriais Newton Sucupira

O Centro Estadual de Educação Profissional em Controle e Processos Industriais Newton Sucupira, situado no bairro de Mussurunga, em Salvador, foi instituído pela portaria 8301, do dia 02 de dezembro de 2010, em substituição a antiga Escola Técnica Estadual Newton Sucupira, devido à boa qualidade dos cursos oferecidos. A partir deste semestre, passará a ofertar os cursos técnicos em Manutenção e Suporte em Informática, Eletromecânica, Eletrotécnica e Manutenção Automotiva, nas formas de articulação Ensino Profissional Integrado (EPI), Subsquente e Proeja (Educação Jovens e Adultos).

Com informações do Portal da Educação

CETEP Piemonte Norte do Itapicuru debateu tema estágio com segmentos da sociedade


O Centro Territorial de Educação Profissional Piemonte Norte do Itapicuru (CETEP Piemonte Norte do Itapicuru), em Jaguarari, promoveu no último dia 18, o I Encontro dos Atores Sociais do Território do Piemonte Norte do Itapicuru. Além de divulgar as ações dos cursos técnicos de nível médio, o evento teve o propósito de buscar parcerias com os diversos segmentos da sociedade para contribuir com a inserção dos/das jovens no mundo do trabalho por meio do estágio.

Para José Tarcísio, vice- diretor pedagógico do Centro, por meio do debate foi possível reforçar o entendimento que o estágio é um ato educativo, componente curricular obrigatório, adotado para a educação profissional da Bahia.

A ação está em consonância com a proposta implantada pela SUPROF na educação profissional da Bahia, que vê o Centro como um instrumento do desenvolvimento territorial e a interação com a sociedade civil como processo de controle social da política pública. Isto também é parte da formação do/a estudante, enquanto trabalhador/a e sujeito de direitos.

Além dos/as estudantes dos cursos técnicos de nível médio, o encontro contou com a presença de representantes da DIREC-28, do sindicato dos servidores públicos, da Prefeitura Municipal, da Mineração Caraíba e da Cooperativa Agrícola de Trabalhadores Rurais do município, entre outros.

O CETEP Piemonte Norte do Itapicuru foi instituído pela portaria 8677, de 17 de abril de 2009, em substituição ao antigo Colégio Estadual Luis Eduardo Magalhães, beneficia a outros municípios que integram o integrado o Território: Andorinha, Antônio Gonçalves, Caldeirão Grande, Campo Formoso. Filadélfia, Pindobaçu, Ponto Novo e Senhor do Bonfim.

Nele são ofertados os cursos técnicos em nível médio de Agropecuária, Mineração, Administração e Enfermagem. Por meio do Programa TRILHA / ProJovem Urbano (Formação Inicial e Continuada) também acontece qualificação profissional nos municípios Campo Formoso e Senhor do Bonfim.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Educação Profissional faz matrícula para vagas residuais de cursos técnicos

Iniciou nesta segunda-feira (dia 31), a confirmação de matrícula para vagas residuais dos/as estudantes que estavam na lista de reserva dos cursos técnicos de nível médio, na modalidade subseqüente, da rede estadual de educação profissional. A convocação obedecerá a ordem de classificação no sorteio e à disponibilidade de vagas, por curso, nos Centros Territoriais, Estaduais e Unidades Escolares com oferta para este semestre. O próprio Centro Territorial, Estadual ou Unidade Escolar para o qual o/a candidato/a pleitou a vaga entrará contato por email e/ou telefone do/a candidato/a.

Para efetuar a matrícula, o/a estudante deve se dirigir ao Centro Territorial, Estadual ou Unidades que ofertam Educação Profissional para o qual se inscreveu e pleiteou a vaga levando os seguintes documentos: duas fotos ¾, cópia do CPF, cópia do histórico escolar, cópia da cédula da identidade, comprovante de residência, para atestar o endereço de inscrição, sendo necessária a apresentação dos originais para a devida autenticação. Aqueles que concluíram o ensino médio em 2010, podem apresentar atestado de conclusão de curso, além dos demais documentos.

As aulas estão previstas para serem iniciadas no dia 07 de fevereiro. No último sorteio eletrônico, foram inscritos 60 mil jovens para os cursos técnicos de Administração, Hospedagem, Rede de Comunicação, Alimentos, Contabilidade, Design, Segurança do Trabalho, Edificações, Logística e Técnico em Enfermagem, entre outros, totalizando 69 cursos em 39 centros de 30 municípios.

Dos cursos ofertados, um dos mais concorridos foi o Técnico em Enfermagem, do CETEP Portal do Sertão, em Feira de Santana, que teve 2.517 inscritos para 60 vagas, sendo 83,9 por vaga. Outro bem procurado, também, foi o de Técnico em Edificações, do CEEP em Gestão Severino Vieira, que teve 28 candidatos por vaga.