Menu

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

CETEP Vale do Jequiriçá realiza Festival de Artes e Cultura

Começa hoje (dia 27) e prossegue até a próxima sexta-feira (01/10) o Festival de Arte e Cultura do Centro Territorial de Educação Profissional Vale do Jiquiriçá, em Amargosa. Estudantes dos cursos técnicos de nível médio em Agroecologia, Agricultura, Agroindústria e Enfermagem irão desenvolverão trabalhos de pesquisa interdisciplinar e pluricultural sobre os cinco continentes: América, África, Europa, Ásia e Oceania.

As pesquisas abordarão diferentes aspectos sobre a vida nestes continentes. Do ponto de vista econômico, serão levantados dados e informações sobre a produção agrícola, industrial, mineral, sobre o sistema econômico vigente, principais moedas, países mais influentes e índices sociais como o Produto Interno Bruto (PIB), renda per capita e Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

No que se refere às questões sócio-culturais, as pesquisas destacarão a música, dança, vestuário típicos, produção literária, culinária, regimes políticos, bandeiras de todos os países, idiomas, etnias e cinema. Quanto à religiosidade, as pesquisas irão levantar quais as religiões predominantes e suas influências na organização da sociedade e do Estado. Também serão destacados aspectos físicos como relevo, clima, potencial hídrico (rios, lagos, mares, oceanos, etc), biomas existentes (vegetação, animais e outros seres vivos, ecossistemas, etc) e principais impactos ambientais.

Os/as estudantes irão apresentar o resultado das pesquisas por continente e de acordo com a série das turmas, 1º, 2º, 3º e 4º anos e subsequente, sempre no turno diurno. Eles/as também se encarregarão da forma de apresentação, se por meio de seminários ou apresentação artística, por exemplo.

Estas ações são coerentes com o projeto pedagógico de formação integral desenvolvidas pela Superintendência de Educação Profissional (Suprof) para os cursos técnicos, tendo: o trabalho como princípio educativo e a atenção ao contexto territorial, vinculando-os a uma visão global e a perspectiva do desenvolvimento socioeconômico e ambiental.

De acordo com o professor Daniel Cezar, diretor do CETEP Vale do Jequiriçá, o objetivo do festival é promover o conhecimento e o respeito à diversidade. Ele explica que para conhecer o mundo não basta olhar o globo ou assistir a um programa de TV, é necessário ir além. “A imposição de padrões culturais em alguns povos não escondeu, sublimou e nem se fez perder a beleza da diversidade. É na busca do conhecimento que acontece a libertação. Nosso sonho é por um mundo onde a diversidade não seja vista como negatividade, mas como princípio básico da sobrevivência dos seres neste planeta”, acredita.

4 comentários:

  1. Gostaria de salientar que o Festival está transcorrendo a contento e superando as nossas expectativas. Muitos alunos estão entrando na madrugada arrumando todo o cenário para que no dia seguinte tenhamos tudo em ordem para as apresentações. Teremos amanhã a equipe dos cursos subsequentes apresentando o Continente Asiático. Breve enviaremos fotos do evento.

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Bacana a iniciativa do festival, pois difunde conhecimento entre os estudantes que desenvolveram os trabalhos e promove o respeito às diferentes culturas.
    O Educar para Crescer acredita que projetos pedagógicos como este são muito importantes para a melhoria da educação brasileira e para despertar o interesse dos jovens.
    No site www.educarparacrescer.com.br, você também pode encontrar dicas e sugestões de práticas pedagógicas inovadoras.
    Abs,
    Equipe Educar para Crescer

    ResponderExcluir
  3. O FESTIVAL FOI OTIMO.
    QUEM NÃO FOI PERDEU.
    COM TODA A CERTEZA FOI O FESTIVAL QUE TIVE MUITO CONHECIMENTO.

    ResponderExcluir
  4. Além de conhecimento, destes Festivais, se tira lições e aprendizado que levará para a vida toda, falo por experiencia própria, posso do dizer que estudar no CETEP do Vale Jiquiriça me ajudou a ser um ser humano melhor...

    ResponderExcluir