Menu

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Secretaria da Educação lança Pacto pela Educação

O Dia Nacional da Educação, comemorado nesta quinta-feira (28), foi marcado, na Bahia, pelo lançamento do Pacto pela Educação – Todos pela Educação. O evento, aberto pelo secretário da Educação, Osvaldo Barreto, teve a presença do governador Jaques Wagner que, em seu discurso entusiático, convocou toda a sociedade a formar uma “confraria do bem” em prol da educação na Bahia: “O grande espírito do Pacto é entendermos como um partido da educação, independente dos partidos políticos. Este é o nosso desafio. E nossa meta é bem clara: alfabetizar todas as crianças até oito anos de idade e extinguir o analfabetismo escolar”.


O governador Jaques Wagner aproveitou a plateia de educadores para incentivá-los a abraçar o Pacto pela Educação como um esforço de todos para mudar a realidade educacional do Estado. “Não vamos colorir de rosa uma situação que não é dessa cor, nem tão pouco vamos ficar aqui buscando os culpados ou responsáveis pelo mais de um milhão de analfabetos, na Bahia. Temos agora que começar a construir um patamar que possa nos reconhecer como a terra de Castro Alves, Cosme de Farias, Anísio Teixeira e Glauber Rocha”.


O secretário da Educação, Osvaldo Barreto, ressaltou que o Pacto transcende a gestão partidária. “Trata-se de um projeto republiano, que vem para resgatar o direito à educação, estabelecido na Constituição”. Em seu discurso, o secretário pontuou os dez compromissos para fortalecer a escola pública na Bahia. Entre estes, destaque para o principal, que é alfabetizar as crianças até oito anos, bem como fortalecer a inclusão educacional, ampliar o acesso à educação integral, combater a repetência e o abandono escolar e assegurar a alfabetização e a escolaridade aos que não puderam efetuar os estudos na idade regular.


“O Pacto da Educação é revolucionário, daí a nossa adesão entusiasmada. É um desafio que Salvador abraça e esperamos que todos os municípios se juntem a nós nessa luta pela alfabetização de todas as crianças até 8 anos”, disse o secretário municipal da Educação de Salvador, João Carlos Bacelar.


O secretário da Educação de Aporá (norte da Bahia), Antônio Abel, também mostrou sua empolgação: “A partir do momento em que o estado busca reunir os 417 municípios baianos em torno de uma única ação pela educação, acreditamos que uma nova porta se abre. Nossa expectativa é melhor possível”.

Adesão – O lançamento do Pacto pela Educação, que lotou o auditório do Instituto Anísio Teixeira (IAT), atraiu prefeitos, secretários municipais da educação, diretores de escola, representantes de entidades ligadas à educação, além de autoridades. Compuseram a mesa a presidente do Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE), Aylana Barbalho, o secretário de educação do município de Salvador, João Carlos Bacelar, a presidente da comissão de educação da Assembleia Legislativa, deputada Kely Magalhães e o presidente da União dos Prefeitos da Bahia (UPB), Luiz Caetano, prefeito de Camaçari, presidente do Fórum de Reitores.


Coordenado por Clóvis Caribé, da Secretaria da Educação do Estado, o Pacto foi lançado também com o apoio do reitor da Uneb Lourival Valentim, do presidente da União Nacional dos Dirigentes da Educação da Bahia (Undime), Luiz Valter de Lima e do diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Ruy Oliveira, além do apresentador de TV e educador Jorge Portugal.

Fonte: Informações do Portal da Educação

Nenhum comentário:

Postar um comentário